O que é agilidade?

Agilidade é um tema em voga no mundo dos negócios nos dia de hoje, não mais ficando preso às empresas de desenvolvimento de software ou ao mercado da tecnologia da informação. Em um mercado cada vez mais digital, aonde a resposta correta e a satisfação do cliente é essencial essa palavra se tornou um mantra para as empresas.

Mas afinal de contas o que é ser ágil?

O que é agilidade? Como ser ágil?

Agilidade é um conceito que vem do movimento, originalmente ela é ligada a ideia do quão veloz uma pessoa reage a uma situação. No mundo de negócios agilidade é a capacidade de reagir as mudanças de ambiente, condições, regulação etc.

Por exemplo, quando trabalhamos com um mercado muito regulado, como o de seguros, agilidade seria o tempo de reação a mudança de regulação, uma nova regra governamental poderia gerar isso.

Agilidade não quer dizer velocidade de entrega.

Muitas pessoas confundem agilidade com velocidade de entrega, muito por causa da maneira como se vendeu Scrum no início, especialmente pelo livro Scrum a Arte de Fazer o Dobro na Metade do Tempo.

Se a velocidade de entrega dos times aumenta com métodos e práticas ágeis é uma consequência das práticas ágeis, e não seu objetivo final.

Mas porque surgiram as práticas ágeis?

As práticas ágeis surgiram como uma resposta ao desenvolvimento em cascata. Aonde um software era desenvolvido em um processo passo a passo, que exigia o levantamento de todos os componentes e comportamentos antes de se iniciar a construção do software.

Como consequência desta abordagem, as correções, ajustes, revisões só aconteciam depois da entrega do projeto. Assim se você tivesse uma mudança de ambiente, como uma nova regulamentação governamental, você teria de esperar muito tempo e gastar muito em correção depois do projeto finalizado.

Por isso surgiram as práticas ágeis.

No próximo artigo vamos falar sobre o manifesto ágil e os princípios da agilidade.